A Globo e o pensamento neoliberal.

Primeiro foi durante as eleições para presidente dos EUA. Barack Obama versus Mitt Romney. Depois pegaram carona na crise europeia. E agora estão pendurados no problema que Obama enfrenta para conseguir a aprovação dos ajustes fiscais prometidos durante a campanha. Ou seja, aumentar os impostos da parcela mais rica da sociedade.

Caso não seja aprovado este aumento ou solucionado o impasse no congresso será, então, disparado automaticamente um dispositivo que elevará os impostos para todos os cidadãos americanos. Pobres e ricos. Haverá corte de nos programas sociais. Corte nos investimentos. E redução orçamentária nos gastos com a defesa.

Este “gatilho” levará a maior potência mundial à recessão. Novamente. O que seria catastrófico para o mundo, já em crise.

Mas o assunto deste artigo não é propriamente os problemas que o presidente reeleito enfrenta com a oposição republicana. Ou as amarguras do velho continente. E sim a forma como a Globo trata destes assuntos.

Não perdendo a oportunidade, os seus noticiários, de maneira sistemática, citam os motivos que levam os republicanos a serem contra a taxação da parcela mais rica. É uma visão neoliberal. O problema é que só colocam um lado do embate. Não dizem por que os democratas são a favor.

Os seus telejornais procedem como que preparando o terreno para uma batalha que se avizinha aqui no Brasil. Pois, se queremos construir um país justo e verdadeiramente democrático o caminho natural leva também a tomada dessas medidas. Eles sabem disso. Mas não querem isso.

O “Bom dia Brasil” disse: os ricos já contribuem com a sociedade gerando empregos. Não é justo pagar mais impostos. Nós, cidadãos comuns, ficamos apenas com essa informação. Parece um argumento lógico e irrefutável, não é mesmo?  Porém, pergunto: os ricos geram emprego por bondade, por filantropia ou por gentileza? Evidentemente que não. Eles criam empregos porque precisam que alguém trabalhe para eles.

O empregado e o empregador mantém uma relação de reciprocidade. Bijetora. Simbiótica.

Nesta relação o assalariado sempre foi o elo mais fraco dessa sociedade. Qualquer instabilidade econômica a primeira providência que o patrão toma é demitir. Para equalizar. Qualquer avanço tecnológico as primeiras perguntas são: o que ganho com isso e qual a redução de custo que consigo? Ou, quantos trabalhadores podemos dispensar?

Não existe outra ideia, além dessas, porque esta é a lógica capitalista. O empregador não vê outra saída porque o foco não é o ser humano. Não é o social. É o dinheiro. O status quo. Mas não é justo. Os ricos têm a faca e o queijo na mão. Mandam e desmandam. Cabe ao governo frear essa sanha predatória deles.

A elite brasileira está mais para raposa que para leão. O leão caça uma única presa para comer. A raposa, se colocarmos num galinheiro, mata todas as galinhas, não só a que necessita para saciar a fome.

Outra visão neoliberal veiculado pelo noticiário: eles, os republicanos, não gostam de pessoas que se contentam em ser empregado à vida toda. Cuja meta de vida é se aposentar.  E, segundo eles, viverem a custa do estado. Lembram-se das palavras do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso chamando os aposentados de vagabundos? Pois é, neoliberalismo extremado.

Agora, nem todos tem os mesmo perfil. Ou mesmo objetivo. Ou a mesma sorte. Ou a mesma disposição. Ou a mesma oportunidade. Somos diferentes.

É pecado a pessoa não querer ser empresário? É pecado querer viver de maneira mais simples? É pecado viver com o que tem?

Ou o grande pecado está em reclamar por melhores condições de vida? Se uma pessoa se contenta em ser bancário a vida toda então ela tem que pagar com sofrimento esse contentamento?

Com essa forma de transmitir o noticiário a Globo vai aos poucos moldando mentes e corações. E assim, como na síndrome de Estocolmo em que o sequestrado assuma a lógica do opressor, a elite pretende arregimentar a população para sua causa. A da raposa.

Anúncios

2 respostas em “A Globo e o pensamento neoliberal.

  1. Edison, parabéns!! Um ano dando milho aos pombos!!! Vida longa ao seu Blog!! Obrigada por informar e me fazer pensar nas notícias por outro ângulo. Suas observações e críticas são muito oportunas. Assim como outros Blogs debatendo e contestando a Grande Mídia manipuladora deste país. Que sua indignação atinja cada vez mais pessoas .Feliz 2013 meu amor!!!

  2. Eu acabei de ver um vídeo em que ele fala isso, sim, mas referindo-se a pessoas que se aposentam com menos de 50 anos de idade. Pessoas que exploram a Previdência. E há, sim, muita gente que age desse modo.
    Agora acabei de ler em um blog que ele se aposentou com 37 anos. Não é verdade; além disso, ele foi aposentado compulsoriamente, assim como vários professores da USP, pela ditadura do regime militar.

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s