Quem com porcos se mete, farelo come. Já dizia minha vó.

midia golpistaInfelizmente não há como não falar dessa mídia-golpista-hegemônica-terrorista-manipuladora que ora chafurda no lamaçal virtual da mentira, da hipocrisia e do patetismo. Com seus exércitos de varas prossegue cometendo seus pecados capitais: a gula, a ira, a luxúria, a avareza, a inveja, a preguiça e a vaidade.

Se fecharam numa associação cujos três únicos artigos do estatuto são:

1 – aniquilar com a imagem de Luís Inácio Lula da Silva e do PT.

2- Derrubar a qualquer custo o governo progressista da Dilma. Pelo voto ou pelo golpe.

3- Não importa o preço e os meios utilizados.

Assistir o telejornal Bom dia Brasil, da Globo, é começar mal o dia. Com seus repórteres cínicos trabalhando continuamente para mostrar uma imagem do país que não condiz com a verdade, em absoluto.

Uma ora é o tomate. Depois o leite. Agora é a farinha de mandioca e de trigo. É a seca. É a enchente. É a inflação. É a corrupção. É o PIB.

Jornalista entrevistando donas-de-casa sobre o preço exorbitante desse fruto. “tá caro”. “Não é assustador?”, pergunta a pseudo-repórter. Assustador é a cara-de pau desses diletantes colocando palavras na boca dos outros. É angustiante na verdade.

O tomate, o grande vilão, foi capa da revista panfletária chamada Veja, diz a manchete: Dilma pisou no tomate, sobre a inflação. Além de ser de um trocadilho bobo é de péssimo gosto, só reflete a má intenção do panfleto. E pior não trás informação relevante ou nova. Também esperar o quê de um semanário que tem um dono, Roberto Civita, que já afirmou que a grande missão do VEJA é derrubar a presidenta?

Sabemos que essas ocorrências todas são sazonais. Ninguém deste covil midiático disse que o tomate passou de R$ 9 para R$ 3 ou R$ 4. Que para o agricultor, aquele sujeito que planta, aduba, colhe, encaixota e transporte o aumento nunca passou de 15% em relação aos meses anteriores. Que ganância pelo lucro fácil veio dos atravessadores.

Que o leite já se encontra em promoção. E a tendência é diminuir o preço.

Que a valor da carne caiu em média 50%. Para os que gostam de churrasco há lugares onde a picanha despencou de R$ 40 para R$ 26. E por aí vai.

O Estadão, outro sócio desse grupo, cometeu dois desatinos propositadamente  nestas últimas semanas.  O jornal mentiu duas vezes.

Primeiro. Sobre a desapropriação do terreno em Itaquera, São Paulo.  Mentiram quando afirmaram que foi o governador Geraldo Alckmin que  teve a iniciativa de desapropriar o terreno para evitar a reintegração de posse e consequente  despejo dos moradores. A ordem,  partiu única e exclusivamente do  prefeito de São Paulo, do PT. Sabemos muito bem qual foi a atitude do governador no caso do Pinheirinho, em São Jose dos Campos, e o fim que teve.

menino congolesEsta foto de acima estampou o perfil do facebook  do Estadão junto com reportagem afirmando que o Fernando Haddad tinha cortado a verba da merenda escolar.

Segunda mentira. Aliás, duas. O prefeito não cortou a merenda e a foto não é de um aluno do município, e nem do Brasil. Esse garoto mostrado no sítio do estadão, do dia 19 de abril, é do Congo. E refere-se à brutalidade da guerra no país africano.

O jornal “El País” da Espanha também usou desse embuste. Colocou a foto de um homem entubado dizendo que era Hugo Chavez. Descoberta a fraude retiraram a imagem. Assim como fez o Estadão. Mas o diário brasileiro nem se desculpou. É um disparate. É fazer pouco caso da população brasileira.

Quem leu, e não procurou se inteirar, tem essas notícias como verdadeiras. E assim vai ficar. Covardes.

A Petrobrás já foi dada como praticamente falida. Descapitalizada.  Outra patacoada. Ela está bem, capitalizada e vai investir R$ 236 bilhões, segundo o governo federal. Fica uma pergunta: qual é o nome do megaespeculador que lucrou com esses boatos? Quem é o atual Naji Nahas?

Dengue, malária e o caos no sistema de saúde público. O Brasil está em estado terminal para a Globo, Folha, Veja e Estadão.

Mas segundo esse clubinho existem ilhas de boa administração no país. São: Minas Gerais e São Paulo. Coincidentemente do PSDB. Claro que eles noticiam desgraças por lá também. Porém, diferentemente do que fazem com as autoridades federais, eles abrem espaços suficientes para que os governantes desses estados falem sobre o que estão fazendo para combater os problemas.

Nada noticiam sobre a diminuição da mortalidade infantil. Do aumento da expectativa de vida. Da inclusão nas universidades. Dos avanços tecnológicos. Do aumento da classe média. Do pleno emprego.  Do aumento de crédito. Etc… Não dão voz.

Se nós, cidadãos comuns, desejarmos saber o que está realmente acontecendo no país é melhor recorrer à imprensa internacional. Ou aos blogs independentes.

Problemas há. Corrupção também. Agora fazer crer que o governo está parado, negar todas as conquistas. É querer demais. É jogar no lixo a história.

Mentir, manipular, atuar inescrupulosamente e dissimuladamente é um verdadeiro ato terrorista. Faz com que os recentes atentados nos Estados Unidos pareçam traquinagens de crianças levadas. Concordam?

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s