Qual o motivo para a não cassação de Donadon?

natanA questão é a seguinte: não cassar um deputado condenado e preso soa tão absurdo que não dá para acreditar. Porem dá para especular.

Este é o problema. Parlamentares vêm sistematicamente levando a pecha de corruptos, vagabundos, quadrilheiros e ladrões (palavras ditas nas manifestações de junho) e aparentemente não estão preocupados com que os eleitores pensam.

Ora, está certo! Muitas das imputações são criadas e exageradas pela mídia, mas não significa que em diversos casos não seja verdade. Certo?

No entanto, o que fizeram, não cassar o mandato de Donadon, só corrobora com a imagem de bandidos.

Como quem participa de política calcula que a compreensão do seu mundo é algo inatingível pelos leigos, sem notar, acaba abrindo uma brecha para que possamos imaginar mil motivos para que eles tenham tido tal comportamento.

Então, vamos à especulação. Partindo do princípio de que no congresso não há ingênuo concluo que eles sabiam exatamente o que estavam fazendo, qual seria a repercussão e quem poderia ser atingido.

Como o voto era secreto, quem votou contra ou favor não será conhecido, a não ser que surja um funcionário e mostre a lista. O que já aconteceu. Não será o caso. Consequentemente esses congressistas, que votaram contra a cassação, estarão protegidos na figura do anônimo.

Bem, há aqueles que não compareceram à sessão. Excetuando o José Genoíno, afastado por problemas de saúde, os demais não justificaram publicamente a ausência na votação ou não tiveram como, portanto entraram na lista dos que apoiam bandidagem. E consequentemente são marginais, também. Evidentemente, neste rol o destaque vai para os deputados pertencentes ao PT. Primeiro motivo: queimar o partido, minando sua imagem para 2014.

Com esta atitude do parlamento os ministros do STF, Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes saem fortalecidos. No julgamento do processo 470 houve essa discussão: quem deveria cassar o mandato: o STF ou o congresso.  A constituição diz que é o congresso, Barbosa bateu o pé e afirmou que era o Supremo. Depois disso alguém duvida que o STF tenha todo apoio popular para decretar a cassação dos parlamentares condenado no caso “mensalão”? E sair como o único e grande baluarte da moralidade desta nação. Segundo motivo: Joaquim Barbosa sai fortalecido para, talvez, disputar a presidência.

A oposição votou em peso contra a perda de mandato de Natan Donadon para evitar que os parlamentares envolvidos no “mensalão” não fossem cassados. E com essa ressonância garantir a derrota do Partido dos Trabalhadores nas eleições do ano que vem. Terceiro motivo.

Rabo-preso.  A maioria dos congressistas deve algo. Um por todos e todos por um. Garanto apoio hoje para me apoiarem futuramente em algum processo. Este é o pior tipo de corporativismo. Quarto motivo.

Ou aqueles que votaram pela continuidade do mandato querem propositalmente atiçar a população contra o governo de Dilma. Por quê? Como não há nenhum outro candidato a presidência que tenha condições de vencer a atual presidenta eles simplesmente querem derrubar o governo através de um golpe, com o apoio da população.  A lá Egito ou Paraguai. Golpe Branco. Quinto motivo.

Todos esses motivos pode parecer loucura, porém a razão de fazê-los é por causa do famigerado voto secreto. E da falta de transparência em certas decisões.

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s