A perseguição do grupo Bandeirantes a Haddad tem nome: IPTU.

bandlogonovaMais uma da mídia, agora do grupo Bandeirantes de Johnny Saad.

Os seus telejornais, jornais e rádios vêm sistematicamente “batendo” em Fernando Haddad. É notório. Só que a perseguição se tornou tão implacável que Haddad chegou a ponto de telefonar para o Saad querendo saber o porquê deste comportamento.

A resposta foi direta: ele colocaria todo seu arsenal, leiam-se os meios de comunicação, contra o aumento do IPTU progressivo.

Por quê? Os Saad são donos de vários imóveis urbanos de alto padrão, consequentemente eles seriam obrigados a pagar mais imposto.

Por não concordaram em desembolsar mais dinheiro abriram uma campanha contra o reajuste. O objetivo?  Manipular a opinião pública a favor de seus interesses mesquinhos.

O IPTU, por ser dos impostos o mais democrático, tem função social. Se o governo desejar, ele pode ser o fiel da balança quando o assunto for melhor distribuição de renda. Quem tem mais, paga mais. Quem tem menos, paga menos.

Os ricos não querem pagar mais. A coisa não funciona assim. Falou em dinheiro irmão desconhece irmão.

Assim que saiu o anuncio do reajuste do IPTU a mídia começou imediatamente a campanha contra o aumento.

E da mesma forma avassaladora com que fez outras, como a PEC 37, não deu tempo para que o cidadão comum pensasse sobre o assunto e formasse uma opinião. 

No caso específico foi tão virulenta a propaganda veiculada que até quem estava isento foi contra o “aumento do IPTU”. Tem cabimento? Tem lógica?

E mais, agora deu da justiça e do ministério público se porem a serviço dessa casta de coronéis. Mostrando total submissão a seus amos e no embalo de Joaquim Barbosa vão pautando o executivo municipal. Criação de vagas em creche. O cancelamento do reajuste do IPTU são alguns dos exemplos de intromissão de um poder no outro.

É o poder judiciário trabalhando contra a república, razão de sua existência e mordomias.

Que sacanagem. Que falta de consideração. Quanta insensibilidade.

Também causa espanto que jornalistas tarimbados, com carreira profissional de sucesso, digam amém a esta atrocidade. E o mais lamentável é que, por viverem da informação, eles sabem das reais intenções de seus patrões e não se sentem constrangidos a emprestar sua credibilidade, alicerçados em trinta, quarenta anos de trabalho, a favor de um único homem. Contra a democracia e a justiça social de uma nação.

Caso típico de uma concessão posta a serviço de um particular.

Fernand Haddad revelou este acontecido durante uma entrevista a blogueiros. Não disse o nome do dono grupo de comunicação. Quem acabou descobrindo foi Paulo Henrique Amorim, por outra fonte.

É assim que age a mídia Brasil. Ela é a favor da democracia quando esta lhe trás benefícios e mantem seus privilégios.

Entende-se por outro lado agora o modo jocoso com que tratam os condenados do mensalão.  

Noticiam privilégios, mamatas, falcatruas dentro do presidiário. Chegaram ao cúmulo de noticiar um possível motim devido ao tratamento diferenciado dado a José Dirceu, Genoíno e Delúbio. Não causará surpresa se derem voz ao PCC.

 Alimentam o ódio e a vingança.

Não está dando certo. Dilma cresce. O país vai bem economicamente. E os avanços sociais caminham a passos largos.

Poucos sabem desse comportamento vil e egoísta da TV Bandeirantes porque a audiência deles é baixíssima. Diferentemente da Globo que ainda é a maior audiência e que deve quase um bilhão de reais ao fisco, e faz campanha pela diminuição dos impostos. Deles, é claro.

E viva os blogues independentes, alternativo e os “sujos”, como o nada limpo José Serra apelidou, porque sem eles não teríamos como saber e entender o meandros deste mundo distante e encastelado.

E graças à internet, anárquica no seu conceito, por enquanto.

É devido a esses eventos que a lei da mídia precisa sair do papel.

Pelo bem, pelo crescimento e amadurecimento da democracia no Brasil. Lei da mídia já. Antes que o golpe aconteça e retrocedamos novamente.

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s