Marcha da Família com Deus pela Liberdade. Parece brincadeira.

Golpe militarSaiu na coluna de Felipe Patury, de 1 de Março de 2014, revista Época. Das organizações Globo.

“No próximo dia 22, em São Paulo, sai da Praça da República rumo à Catedral da Sé a segunda edição da Marcha da Família com Deus pela Liberdade. A original fez, em 1964, percurso semelhante dias antes de o ex-presidente João Goulart ser derrubado. Há 50 anos, a organização coube à então primeira-dama do estado, Leonor de Barros, e mulheres de empresários. A atual foi convocada pelas redes sociais, recebeu apoio de lideranças evangélicas, espírita e, pelo Facebook, da apresentadora Rachel Sheherazade, do SBT. O grupo diz contar com a simpatia do filósofo Olavo de Carvalho e até de Denise Abreu, a petista que mandou na aviação civil no governo Lula e ficou famosa por sua predileção por charutos.”.

Tudo bem, que a imprensa hegemônica vem usando dos mesmos estratagemas pré-golpe 64.

Batendo sempre na mesma tecla.  Publicando diariamente manchetes alarmistas. Espalhando o ódio.

É a inflação, a Petrobrás, os investimentos, os programas sociais (bolsa família), a invasão de comunistas (médicos cubanos), o aparelhamento do estado, a maior corrupção que o mundo já viu em toda a história da humanidade, a incompetência, a insegurança, o STF dominado por ministros petista, baixos índices econômicos.

Porém, quando olhamos a nossa volta a realidade é outra. O país está numa bom momento. Econômico e social.

São os números derrubando, um por um, as previsões catastróficas dos “especialistas”, convocados, apenas,  para falar mal.  

É a realidade, do país, detonando totalmente essa irresponsabilidade midiática.

Agora, reeditar uma marcha, fúnebre, armado por um padre americano, cuja única objetivo era apoiar o golpe de estado, com a destituição do governo João Goulart. E que muitas das participantes confessaram, anos mais tarde, terem se arrependido amargamente, me parece imbecil demais.

Só pode ter vindo de mentes doentes. Fascistas, psicopatas, fanáticos, lunáticos e medrosos  em geral.

Será que os participantes vão se vestir do mesmo modo, empunhar os mesmo cartazes, gritar as mesmas palavras de ordem? Vão chegar a esse ponto?

E a queridinha do manicômio, Rachel Sheherazade, apresentadora do SBT, sabe das consequências da sua participação? A emissora que a projetou é uma concessão pública. Ela já esteve fora do ar na sua história, por decisão do TSE. Fez propaganda eleitoral antes do tempo estabelecido. Em 1998. Pode ser repetir novamente. Uma empregada esta incentivando a quebra da ordem constitucional.

Ela publicou na sua página do facebook: “Gente boa, sempre vou defender a família. Participe da marcha, divulgue, mostre sua defesa em favor dessa instituição criada por Deus”.

Então ela só sairá para defender a Família?

Pergunta: defender de quem? Do quê? Tem alguém querendo terminar com essa instituição? Ou será somente homofobia, racismo,  preconceito e ignorância dessa senhora?

Segundo Altamiro Borges, no seu blog, o objetivo da marcha é “ exigir “intervenção militar constitucional já”.

Entre outras bandeiras, ela prega: “1 — destituir a presidente Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer; 2 — dissolver o Congresso Nacional; 3 — prisão de todos os conspiradores por servirem aos interesses estrangeiros através do Foro São Paulo, uma invasão sigilosa do território nacional executada pelo regime de Cuba através de agentes infiltrados; 4 — dissolução de todos os partidos e investigação com punição das organizações integrantes do Foro São Paulo; 5 — Intervenção em todos os governos estaduais e municipais e nos seus respectivos legislativos; 6 — combate à corrupção e à subversão; 7 — intervenção no STF, cuja presença de ministros simpáticos aos conspiradores é clara e evidente””.

Alguma dúvida do caráter golpista do ato? Pois então, Sheherazade de ingênua só tem a cara. Ela apoia a intervenção das forças armadas para salvar o Brasil de uma possível invasão bolchevique. Comedores de criancinhas (pedófilos?). Liderado por ET´s, provenientes da constelação de Andrômeda.

Se alguém leva a sério essa senhora já perceberam que suas argumentações são pequenas demais. Não perturbam nem reuniões de demonstração de produtos da Jequiti. Pouca importância, para a grandeza da nação.

No máximo ela inspira dó. Afinal, a apresentadora não tem ideias próprias. Só fala o que outros não têm coragem de falar. Assim como Diogo Mainardi, que conforme o pai, Enio Mainardi, faz o mesmo.

Tudo bem que eles chamaram seus admiradores de “bundões”, mas isso não vem ao caso, não é mesmo? Não deixem de admirá-los como expoentes da intelligentsia, por favor.

Um alerta. Itamar Franco relançou o “fusca”, em 1993, inclusive desfilando pela fábrica, como JK tinha feito em 59. No filme “Os meninos do Brasil” os protagonistas tentam recriar Hitler, reproduzindo as condições socioambientais da época de nascimento do nazista. Em ambos os casos deu errado.

O que leva a crer, para esses marchadores, que o golpe, com que tanto sonham, irá dar certo? E que não vai chover no dia?

Estarão lado a lado na marcha várias entidades, entre elas: católicos, evangélicos e membros do Candomblé.

De toda mediocridade, uma coisa será interessante de se ver: um pastor e um integrante do candomblé abraçados, de mãos dadas, gritando, chorando, implorando: “generais nos salvem, porque nem Jesus, nem os Orixás dão jeito nesse povo votador”. Deus e o diabo unidos na terra da garoa. Pelo menos para os crentes.

E tudo isso por causa do ódio ao governo de Dilma Rousseff.

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s