Entrevista de Lula aos bloguerios “sujos”.

Lula a blogueiros:  “não sou candidato”

Reproduzo texto publicado no ConversaAfiada sobre a entrevista concedida por Lula aos bloqueiros “sujos”.

A imprensa hegemônica não abre espaço para o ex-presidente falar. Querem que a população brasileira o esqueça. Ou se lembrem apenas do que eles (mídia) desejam que ela se lembre.

Sobre o caso Pasadena. Se Dilma era chefe da Casa Civil, Luis Inácio era o presidente, nada mais natural e lógico do que entrevista-lo e obter seu parecer sobre a compra da refinaria. Afinal foi durante seu governo que a Petrobrás fechou o negócio da compra. Mas não, preferiram conceder espaço ao FHC.

E, como belo fofoqueiro da casa grande, Fernando Henrique nada acrescentou ou elucidou. Também era pedir muito a tão pouco.

Leiam o resumo.

O presidente Lula concedeu trepidante entrevista para blogueiros na manhã esta terça-feira, dia 8 de Abril.

O Conversa Afiada transmitiu todo o evento ao vivo e destaca algumas afirmações importantes do Nunca Dantes (a reprodução não é literal):

Eleições 2014

– Não sou candidato !;

– Eu tinha convicção de provar que eu tinha mais condição do que a elite. Por isso cheguei à Presidência;

– Os meus palpites podem até ajudar a gente a ganhar as eleições, eu não nasci para abaixar a cabeça;

– Eu já fiz a minha parte. E ajudarei sempre que preciso;

– A Dilma tem lado ! Ela é a pessoa ideal para o cargo;

– Dilma foi grande de afrontar Obama e a espionagem. E temos que fazer o Brasil independente nas telecomunicações;

Petrobras

– Petrobras tem que partir para o ataque !;

– Espero que o PT tenha aprendido com a CPI do mensalão;

– Cadê o Blog da Petrobras, tão útil em 2009 ?;

– Em breve, votaremos no presidente da Petrobras, e ele indicará o presidente da República, tão grande a importância da Petrobras;

– O Obama deixou a frase famosa, mas nós é que falávamos antes: “nós podemos”, em relação ao pré-sal;

– A Petrobras não pode ser medida só pela Bolsa. E sim pela tecnologia, pela quantidade de petróleo que tem no pré-sal. Tem que ter dimensão do tamanho e do patrimônio da Petrobras;

– Combinei com o Franklin de fazer um discurso de apologia ao consumo. Isso faria a economia girar. E foi o que aconteceu, a classe B e C consumiram mais que a classe A. Inclusive no Nordeste;

– Recomendei não criarem dívidas maiores que o orçamento. Porque isso eu aprendi com a Dona Lindú (mãe do Lula). E o povo atendeu, e comprou geladeira, fogão …;

– Numa escada de 16 degraus, subimos 6;

– Havia um complexo de vira-latas. Tínhamos uma elite complexada. E nunca houve tanto orgulho quanto nos últimos 11 anos;

– Quantas vezes fomos criticados por programas como o Luz Para Todos? As críticas vinham de quem já tinha luz. E aí o povo comprou microondas, TV… até para ver a imprensa falar mal de mim;

Mensalão, Joaquim Barbosa e José Dirceu

– A história do mensalão será recontada nesse país. E, se eu puder, vou ajudar;

– Não quero julgar ninguém de forma precipitada. Tem que deixar a poeira baixar e começar a recontar a história. O tempo se encarregará de colocar as coisas nos eixos;

– Eu tenho curiosidade: como uma investigação de R$ 3 mil nos Correios terminou no mensalão ?;

– Não me arrependo de indicar o Barbosa. Porque indiquei antes de ter mensalão. Queria um advogado negro na Suprema Corte brasileira. E de todos os currículos que recebi, o do Barbosa era o melhor;

– O mensalão foi o mais forte processo político neste país, em que a mídia teve papel importante antes de cada sessão. O massacre era apoteótico. Nunca vi nada igual;

– Já em Minas, ninguém falou nada. Foram dois pesos e duas medidas;

– José Dirceu sofre abuso no exercício do poder e da lei;

– O erro do PT é que devia ter feito a luta política por 7 anos. Pensamos juridicamente numa ação que estava sendo pensada politicamente;

– Quem sabe um de vocês, blogueiros sujos, vá recontar essa história desde o começo;

– Tem gente fala demais na Suprema Corte. Não é para ficar falando o que farão. Alguns inclusive mentiram;

– A teoria do Domínio do Fato foi um achado extraordinário. Não tem que provar nada. Tem que desconfiar e isso já basta;

Manifestações

– As manifestações são importantes;

– Jovens não têm informação. Não tem debate nas faculdades/escolas, noticiário só tem na internet (com ressalvas, pois há muito conteúdo despolitizante). Por isso, precisamos falar mais com o povo;

– É normal que os jovens queiram mais. Os jovens do ProUni, FIES e todos os programas sociais, querem mais coisas. E isso é bom;

– As pessoas reclamam da vida porque não conhecem a história. Nós temos que contar a história;

Ley de Medios

– Temos que ser agressivos na Comunicação. E nós perdemos tempo precioso por não falar da lei de regulamentação da mídia, mesmo com o Marco Regulatório já ter sido um progresso;

– Busquem vocês, blogueiros, a neutralidade da mídia;

– Não falei com a Dilma sobre a lei das comunicações para evitar interferir no Governo dela. Mas eu acho que o partido deveria fazer esse debate;

Copa do Mundo e Olimpíadas

– Sou casado há 40 anos, perdi eleições e nunca vi a Marisa chorar. No dia da apresentação das Olimpíadas em Copenhagen ela me ligou chorando. O Pelé estava lá e chorou. Todo mundo chorou. Para chegar aqui e virar uma derrota?

– A Copa do Mundo é mais do que futebol. É trazer o mundo esportivo para cá, os maiores atletas do mundo;

– O que fica para o futuro? Nós vamos discutir, criar alternativas. Mas jogar fora é falta de auto-estima. A Copa do Mundo é boa para o Brasil;

– Tomara que a gente ganhe essa Copa. Se a final for Brasil x Argentina, Brasil x Espanha, será maravilhoso;

– Não é por quê falta uma coisa que eu não posso fazer outra. A falta de infraestrutura no Brasil é crônica;

– Podemos reclamar da Copa do Mundo, fazer protesto, levantar bandeiras. Faz parte do processo e é benéfico. Este é o momento;

PiG (*)

– Jornalista americano que disse que eu bebia nunca me pagou uma cerveja;

– E quem queria que alguém dissesse isso era a Folha, que nunca teve coragem de dizer;

– Não é o Brasil que está sem humor, até os programas de humor não têm mais humor;

– O problema é que nós estamos sendo conduzidos por uma massa feroz de informações deformadas;

– Se a imprensa batesse no Governo, estava tudo bem. (Aliás, o Diretor deveria colocar a cara para admitir isso em seus editoriais). E um pouco mais de seriedade nas demais áreas;

– Deveríamos ter mais direito de resposta;

– Fico assustado com a postura da mídia;

– Lembram de como foi o Bial foi agressivo comigo? Eu poderia revidar, mas resolvi mostrar que a educação vem de berço. E foi por isso que as pessoas gostaram da entrevista;

– A sonegação de imposto de alguns é 10 vezes maior que o mensalão;

– A meninada não tem obrigação de saber o que eu fiz. E se ele for saber o que eu fiz pela imprensa, ele estará totalmente desinformado;

– A crítica da mídia sobre os blogueiros sujos deve ser encarada com orgulho;

– O que incomoda a mídia é que eu estou vivo;

– Guido Mantega tem que criar uma rede para saber todas as inverdades no ato, e a Dilma deve colocá-lo em rede;

– Combinei com a Marisa que não leria mais jornal, revista, nem veria televisão. Senão não conseguiria viver no Brasil. Fui para a rua conversar com o eleitor;

– O que nós queremos da mídia? Mais respeito. Eu acho que o que fazem com a Dilma é falta de respeito;

– Veja as manifestações. Enquanto achavam que o povo queria xingar o Governo, a mídia apoiou. Depois, quando o povo se voltou contra outras instituições da mídia, a opinião deles mudou em relação aos protestos;

Política

– Precisamos fazer uma Reforma Política;

– Sou totalmente a favor de uma Constituinte exclusiva para isso;

– O Congresso é o reflexo do que é a sociedade brasileira;

– Precisamos dar seriedade aos partidos políticos, que têm tempo de televisão e usam isso;

– A Reforma Política é a única solução para resolver os problemas da política;

– O único partido nacional do Brasil é o PT;

– O PMDB é o maior partido do país e tem diversas tribos estaduais, não tem uma linha nacional;

– O Michel Temer é vice-presidente e tem Estados em que o PMDB não votará nele;

– Melhorar os partidos políticos para recuperar a relação com os eleitores; partidos mais sérios farão políticos mais sérios;

– A internet não facilita a democracia. Você ouve muita gente. E muito desaforo. A interação era tanta que o cidadão achava que era ele que estava ali, governando;

– Eu amo a democracia, porque foi graças a ela que eu cheguei ao poder;

PT

– Talvez a culpa seja nossa, porque não partimos para a politização. Não fazemos mais como o PT fazia antigamente. O partido precisa estar na rua sempre, discutindo, informando, ouvindo;

– Governo eleito afunda o partido porque leva os melhores quadros;

– O partido não pode abrir mão de dizer o que ele pensa do país. Ele deixa de ser referência;

– O PT poderia ter crescido. Não tem ninguém com o padrão de sucesso que teve o PT no Governo. Poderia ser a grande referência na América Latina;

– O PT é muito criticado porque são milhões de pessoas. E é essa gente que nós temos que respeitar. Errar o menos possível;

Economia

– Qual país gera tanto emprego quanto o Brasil?;

– Brasil ficou mais civilizado;

– Quem paga o pato pela crise é o trabalhador;

– Crise jogou fora 68 milhões de empregos. O Brasil, por sua vez, criou 11 milhões;

– Brasil tem reservas para 18 meses de importação;

– Que país tem maior potencial petrolífero que o Brasil ?;

– Que país está construindo as três maiores hidrelétricas do mundo ?;

– Quem cresceu mais que o Brasil? A China. Talvez a Coreia;

– Falta o Brasil ir para a ofensiva. Quem gosta de nós, somos nós. Quem deve estar preocupado com o comércio brasileiro é o brasileiro, não os EUA, a Europa;

– Hoje nosso comércio com a América Latina é maior que com a Europa e com os EUA;

– Não é que a elite não queira perder. Eles não querem que os pobres façam o mesmo que eles. Mas eu acho ótima a ascensão social;

– Quantas pessoas conhecem o Farmácia Popular ?;

Saúde

– O ‘Mais Médicos’ mostra que só tem excesso de médico na Avenida Paulista. Na periferia faltava. E está provado !;

– O ‘Mais Médicos’ não resolve os problemas. Ele agrava. Porque quando a pessoa procura o primeiro médico, o passo seguinte é que procurar um especialista. E aí ainda faltam médicos;

– A solução é credenciar a rede médica e melhorar o pagamento do SUS ao médicos;

– O SUS é motivo de orgulho deste país;

– Só aparece coisa ruim da Saúde. Quando eu estava internado, só queriam saber se eu ia morrer. Mas tem muita coisa boa na Saúde também;

– Sem dinheiro, não tem como melhorar a Saúde;

– Por que acabaram com a CPMF? Com o objetivo de evitar uma maior fiscalização do Governo no processo de sonegação de impostos. E tiraram R$ 50 bilhões da Saúde por ano;

Educação

– Em 11 anos, fizemos mais pela Educação que em um século. Mas ainda tem que melhorar;

– Por isso sempre quisemos os royalties do petróleo para a Educação;

– As pessoas reclamam que tem muito carro na rua, que tem muita gente nos aeroportos e que os portos estão superados. Isso acontece porque o Governo deu oportunidade para o povo;

– Antes, engenheiro vendia coco na praia. Agora reclamam de falta de mão-de-obra qualificada;

Lula no Mundo:

– Ninguém te dá espaço na política. Você tem que ir atrás. E isso fez o Brasil virar o que virou;

– Eu era o único diferente no G-8. O único sem diploma, o único que veio do chão de fábrica;

– O Hugo Chávez gostava de fazer polêmica. Falei com o Maduro e disse para construir um equilíbrio para aproveitar todo o potencial, apresentar a ideia de que não haveria apagão, teria política de abastecimento. Mas o Maduro precisa ir para a rua o tempo todo para responder a oposição;

– O Capriles não radicalizar já é um avanço na política venezuelana. Torço para que eles acabem com a disputa interna e deixem Maduro governar;

– Graças a Deus no Brasil fomos e somos menos radicais. Nunca me xingaram, e se xingavam, faziam baixinho;

– Se eu pudesse, teria derrubado o Mubarack há muito tempo. Eu não gostava dele, ele não gostava de mim;

– As pessoas acham que pode criar democracia por decreto. Mas não pode. É um processo;

– Qual é o processo democrático no Iraque? E na Líbia? Os EUA agiram… e agora, quem comanda? Qual é a democracia?;

– O aparelho de espionagem dos EUA é tão forte que eu acho que nem o Obama tem dimensão dessa força. Afinal, não seria aberto para um cidadão que ficará no poder por  4 anos;

– Dilma foi grande de afrontar Obama e a espionagem. E temos que fazer o Brasil independente nas telecomunicações;

Rio de Janeiro

– Demos atenção especial ao Rio de Janeiro, até pelas perdas históricas, como a troca da Capital para Brasília;

– Lindberg Farias é um bom candidato para o Rio de Janeiro. Vai crescer e pode ganhar. Espero uma campanha civilizada entre ele e o Pezão;

– Nunca antes na história desse país houve tanto dinheiro federal no Complexo do Alemão e no Rio de Janeiro em geral. Meu sonho era fazer cada favela virar um bairro;

Internet e blogueiros

– Continuo otimista. Não se sintam (blogueiros) inferiores quando vocês são criticados pela forma que vocês pensam. A internet presta um serviço inestimável. É uma forma das pessoas interagirem e do país continuar democrático.

 

Em tempo: Saiu no site do Instituto Lula:

NOTA À IMPRENSA

São Paulo, 8 de abril de 2014,

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu uma entrevista coletiva ao vivo pela internet nesta terça-feira (8), na qual falou, entre outros assuntos sobre a Petrobras. Na capa de seus sites, a Folha de S.Paulo e O Globo alteraram a declaração do ex-presidente sobre o assunto, atribuindo ao ex-presidente algo que ele não disse: “Para Lula, PT ‘tem de ir pra cima’ para impedir a criação da CPI da Petrobras”, no caso da Folha e, no Globo, “Lula pede reação de seu partido contra instalação da CPI: ‘O PT tem que ir para cima’”.

Segue o trecho do áudio com o trecho da fala de Lula sobre a Petrobras e Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs). Ouça e verifique o que Lula realmente disse na entrevista.

(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

Anúncios

Uma resposta em “Entrevista de Lula aos bloguerios “sujos”.

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s