Não bastasse os americanos, agora temos espionagem caseira.

mpf logoPra que tem um amigo como esse, pra que inimigo? Não é assim que diz o dito popular?

Pra quem tem espião dentro de próprio país, pra que Obama?

Deu no Estadão: “Promotoria inclui Palácio do Planalto em quebra de sigilo telefônico, afirma defesa de Dirceu”, pro Fausto Macedo.

O pedido de rastreamento foi ordenado ( no Brasil promotor não pede, não solicita, ordena) pela promotora do Ministério Público Federal Márcia Milhomens Sirotheau Corrêa.

O motivo do pedido era verificar se o preso Jose Dirceu usou celular de dentro do presídio da Papuda para conversar com o governador da Bahia, Jacques Wagner.

Como se sabe, Dirceu perde o direito ao regime semi-aberto se cometer algum delito ou deslize. E devido a essas apurações o mesmo encontra-se enjaulado desde que foi preso. Os outros condenados já conquistaram esse privilégio.

Pois bem, no requerimento a profissional do ministério escreve: “verifica-se a necessidade de confronto entre as ligações realizadas pelos aparelhos de telefonia móvel que se encontravam no presídio e pelos aparelhos de telefonia celular que se encontravam no estado da Bahia…”

E fornece as duas coordenadas:

Ponto 1 – Latitude -15° 47’ 56.80”S e Longitude -47° 51’ 38.67”

Ponto 2 – Latitude -15° 55’ 04.51”S e Longitude 47° 47’ 04.51”O

cautelar-mp-dirceu-1cautelardirceump2A defesa de Dirceu resolveu verificar esses pontos. Solicitaram, então, ao engenheiro agrônomo Juvenal José Ferreira que os identificasse. Clique aqui, para ver o parecer completo.

Conclusão:

Ponto 1 – Palácio do Planalto.

Ponto 2 – Papuda.

Bem, para sermos condescendente e não querer crer que alguém seja capaz de perpetrar tal sacanagem, digna de adolescente imberbe e prepotente, digamos que o digitador da petição seja zarolho, estrábico-míope e se confundiu com tantos números. Talvez isso também explique a falta de padrão das coordenadas e a Márcia não tenha nada a ver com isso e não seja obrigada a ler o que assina.

Mas o duro é engolir que, por essa infeliz coincidência de problemas físicos, esse erro do digitador tenha levado justamente a investigação para cima da sede do governo federal. Mais fácil ganhar na mega-sena.

Pode parecer ridículo essa explicação, porém não duvide que ela saia com essa.

E mais, que o presidente dos EUA pense que aqui é casa de “Maria Joana”, da sogra, terra sem lei é até compreensível, não aceitável, pois para muitos americanos a capital do Brasil é Buenos Aires. Agora que um promotora pense e proceda do mesmo modo é incompreensível.

Que foi um ato deliberado de espionagem isso é certo. Não havia nenhum indício que Dirceu tenha ligado para o Planalto.

O governo federal tem que tomar providências. Não deixar quieto. Assim como Dilma fez com os americanos no caso Snowden, ela precisa tomar alguma atitude. Saber quem está por traz dessa promotora. Como usariam essas informações. Quem teria a ganhar com a espionagem.

Richard Nixon, presidente dos EUA, na década de 70, caiu porque foi pego com a boca na botija. Espionou o partido Democrata antes das eleições.

E com a promotora Márcia Milhomens Sirotheau Corrêa acontecerá alguma coisa? Estamos em época de eleições. Um dossiê aqui, outro acolá até que cairia bem prejudicar a campanha de Dilma, certo?

Ou o corporativismo falará mais alto? Desde a rejeição à PEC 37 ( a Globo falou que era errado apoiá-la) o ministério público ficou sem um órgão externo que possa investiga-lo. E agora?

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s