Falta água em São Paulo e o governador ganha prêmio de Gestor Hídrico. É um absurdo.

sem águaAbsurdo dos absurdos é o prêmio de concedido ao governador Geraldo Alckmin na categoria “Gestão Hídrica” pela câmara de deputados. Indicação do tucano João Paulo Papa.

Esse deputado só pode ser um gozador mal intencionado. Gozador porque ele mesmo deve rir de seu gesto no sozinho do banheiro. A indicação bisonha do nobre não tem o menor cabimento.

Mal intencionado porque ele deve estar amaciando a carne do Geraldo para as próximas eleições presidenciais.

A falta d´água é culpa exclusiva da má gestão hídrica dos PSDBistas. Eles são os culpados, únicos culpados, pelo racionamento cruel imposto aos moradores do estado. Não há por onde fugir de sua responsabilidade.

Pois os tucanos voam sobre esta comarca há 35 anos. Começaram a construir seu ninho com Franco Montoro, na década de 80, e desde então veem se revezando no comando do estado. Covas, Geraldo, Geraldo, Serra, Serra, Geraldo, Geraldo, Serra, Serra e por aí vai, com raras aparições de outros, tipo Maluf, Lembo, Goldman.

Há muito o sistema de abastecimento vem dando sinais de esgotamento. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) alertou, por várias vezes, a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos sobre a escassez de água se não houvesse um plano de contingenciamento.

E o que os gestores estaduais fizeram? Bem, pra não dizer que não fizeram nada, eles, seguindo a receita neoliberal, recheada de Ricardos e Adam Smiths, privatizaram a SABESP. E o “agraciado com o premio” deu a maior riqueza da humanidade pros gringos explorarem. Caramba! O que os americanos têm a ver com nossa água? Por que eles merecem ganhar dinheiro às custas de nossos recursos?

Infelizmente a SABESP virou uma companhia capitalista e água deixou de ser um bem comum transformando-se numa mercadoria.

Alguém acha que a empresa, visando lucro, iria dizer angelicamente: população poupem água. Comprem menos o nosso produto, ou seja, bebam menos água, tomem menos banho, lavem menos roupa, deem menos descarga e etc.?

Não tem por onde, os capitalistas são predadores por nascença. A consciência ambiental se resume em dividendos. Exploram, exploram até o esgotamento final.

O que dizer de grandes empresas de São Paulo que têm desconto na conta quanto mais consomem? Lucro, lucro e lucro.

Por mais que a mídia esconda e manipule as informações sobre o racionamento hídrico de São Paulo o problema sempre vem à tona e expõem mais um a vez a incapacidade do PSDB de se levar a sério e de levar a sério o Brasil, o povo e a democracia.

Os tucanos, diante da pequenez moral de seus principais membros, não tomam o famoso“si mancol”.

Olha só o que disse o governador Geraldo: “modéstia à parte, é merecido” ganhar o prêmio. Tá maluco? Numa frase dois erros: para se por à parte governador é preciso tê-lo, e o excelentíssimo nunca teve modéstia. E merecido fica por conta de seus puxa-sacos. Aliás, apenas medíocres precisam de baba-ovos.

O roteiro do premio é digno de pertencer á corrente do chamado Teatro do Absurdo.

Tem todas as características.

  • Retratação de temas relacionados a aspectos e fatos inesperados do cotidiano. 
  • Apresentação de personagens com comportamentos estranhos e bizarros.
  • Enredos absurdos, muitos deles sem possibilidades de existirem na vida real. 
  • E apresentam temática fútil.

Os principais representantes desta corrente são Samuel Beckett, Arthur Adamov, Eugène Ionesco e Jean Genet.

E agora, sem querer ofender estes ilustres escritores, temos um candidato patético a tomar parte deste grupo, se bem que ele é extremamente fraquinho: o nobre deputado tucano João Paulo Papa. O mentor do disparate tucano.

Que tal premiá-lo com o Innovare? Fecha-se o ciclo de bestialidade, não é mesmo?

Absurdo.

adj. Contrário à razão, ao senso comum: intenções absurdas. Que fala ou age de maneira irracional; estúpido; disparatado; tolo. S.m. Tolice, asneira, disparate: cair no absurdo. Por absurdo, falando de uma demonstração, diz-se do raciocínio que prova a verdade de uma proposição, provando o absurdo da proposição contrária.

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s