AMB repúdia petição de Lula na ONU. É muita hipocrisia.

RI Rio de Janeiro (RJ) 18/03/2015 Faz Diferenca - Entrega dos premios dos melhores do ano de 2014, no Hotel Copacabana Palace. Sergio Moro recebe o premio de Ascanio Seleme e Joao Roberto Marinho. Foto de Fabio Rossi / Agencia O Globo

RI Rio de Janeiro (RJ) 18/03/2015 Faz Diferenca – Entrega dos premios dos melhores do ano de 2014, no Hotel Copacabana Palace. Sergio Moro recebe o premio de Ascanio Seleme e Joao Roberto Marinho. Foto de Fabio Rossi / Agencia O Globo

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) em nota repudiou a petição junto a Comitê dos Direitos Humanos da ONU feita por Lula contra a falta de “imparcialidade” e “abuso de poder” cometidos pelo Sérgio Banestado Moro.

Do jeito que andam os descalabros aqui na pátria mãe é um bom sinal esse repúdio.

Então esses juízes que se acham deuses tem um ponto fraco. Que bom.

E esse ponto fraco é a vaidade.

Estão preocupados com a imagem deles no exterior. E dane-se o Brasil.

O que dirão os europeus a respeito do judiciário, esse é o grande temor.

Vaidade atingida, nota emitida.

E a farsa da AMB escancarada. (Será mais um órgão a favor do golpe?)

Diz a associação que a Corte Internacional não dever ser utilizada para constranger qualquer investigação em curso. Que não pode intimidar os juízes, policiais ou quaisquer autoridades.

Acho certo também. Não deve. Mas…

Livraria saraiva - Shopping Pátio Brasil - 13/03/2013 - crédito|Paulo Guimarães

Livraria saraiva – Shopping Pátio Brasil – 13/03/2013 – crédito|Paulo Guimarães

Mas nada diz quando Gilmar Mendes dá declarações abertas contra Lula, Dilma e o PT.

Ou quando comparece a lançamento de livros abertamente anti-Dilma. Ou mesmo quando é pego pautando noticiário junto ao Bonner do JN.

Ou quando Sérgio Banestado Moro vai receber prêmio de araque das mãos dos Marinhos. Ou quando dá entrevista pra moribunda Veja. Ou quando vai à Lide de João Dória. Ou quando divulga gravações da presidenta, dos advogados do Lula, e de dona  Marisa, esposa do Lula. O quando diz “não vem ao caso” quando o delatado é Aécio Neves. Ou quando produz vazamentos seletivos contra PT, Dilma ou Lula. Ou quando conduz coercitivamente Lula. O quando mantém cidadãos presos até que confessem o que ele quer que se confesse.

Ou quando delegados fazem da foto da presidenta alvo de tiros. Ou quanto postam no twitter campanhas claramente a favor do PSDB.

Ou quando procuradores vão aos cultos pregar contra a presidenta travestidos de bom moços.

Ou quando também fazem campanhas contra o PT.

AMB não escreve uma linha contra essas aberrações. Nada. Silencio mortal. Nenhuma nota de repúdio.

Outra coisa, quais são os órgãos, AMB, que Lula poderia recorrer dentro do país que já não tenha feito?

E quais foram os resultados? Nenhum.

E nada acontecerá aqui no Brasil, porque há muitas pessoas envolvidas no golpe. Um homem só não conseguiria isso, tem que haver uma quadrilha.

Quanta hipocrisia, AMB.

Mas entendo qual a serventia desta infame nota.

Pautar o noticiário do Jornal Nacional.

Até imagino Wiliam Bonner, com a cara de buldog sério, lendo a nota.

Mais um engana trouxas e incautos.

Se há algo que envergonhe o judiciário são os próprios juízes.

Se há algo que enloda a PF são delegados e agentes Aecistas.

Se há algo que manche o MPF são esses procuradores tendenciosos.

Se há algo realmente vil é um bando de corruptos dando golpe de estado. E vocês se calam diante dessa barbaridade.

Nunca será a atitude de alguém que se acha injustiçado que enlameara o país. Nunca. Covardes.

Anúncios

Temer, o traíra, tem que ser detido, antes que destrua o Brasil.

temer_3Temer vende ativos da Petrobrás na Argentina e Chile.

Temer abre processo de venda dos terminais de Gás Natural Liquefeito do Rio de Janeiro e Ceará e mais as termoelétricas a elas associadas.

Petrobrás vende campo de Carcará do pré-sal por R$ 8, 5 bilhões à norueguesa Statoil. Segundo cálculos o mesmo vale R$ 22 bilhões.

Bom, que estão desmontando a Petrobrás é mais do que evidente. Aliás, a única incumbência de Parente, presidente da estatal, é entrega-la a empresas estrangeiras.

Temer é um cara mau, um cara de pau. Gritantemente incompetente.

Não foi eleito. Não é presidente de fato. Não tem autoridade.

Misógino. Intelectualmente incapaz. Desonesto. Fraco.

Sua serventia se resume em ser a “besta fazedora” dos desejos de uma elite cruel.

Alguém tem que dar um basta neste usurpador. Pará-lo enquanto é tempo.

Cadê os parlamentares honestos deste país? Onde estão os juízes comprometidos com a democracia?

Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.

O executivo está doente.

Há um câncer golpistas governando, Michel Temer. Este traidor se apoderou do corpo e o está matando.

Cadê o os outros dois poderes? São inoperantes ou a favor do golpe? Eles são 100% golpistas?

É difícil acreditar.

Tem que ter mulheres e homens de coragem. Juízes com viés democrático e parlamentares honestos.

Coloquem a mão na consciência.

O Traidor Temer vai acabar com o país. Gerações futuras ficarão comprometidas.

Não é possível. Ninguém é honesto. Ninguém é verdadeiro.

Atuem. Lutem.

Senadores dignos, apareçam. Juízes probos, façam o contraponto aos seus pares entreguistas.

Vocês têm medo do quê? Da Globo?

A Globo se alimenta da covardia, da pusilanimidade. Se fez na ditadura.

Foda-se a porca emissora dos Marinhos.

Foda-se os trouxinhas/coxinhas.

Fodam-se esses jornalistas sabujos.

O fascismo não pode vencer.

Fascistas são energúmenos, corajosos quando em grupo.

O que não podemos permitir é liquidarem a nação. Entregarem tudo.

Não podemos deixar esses frouxos acabarem com programas sociais.

A canalha golpista precisa ser retirada à golpe.

A bandidagem tem que ser processada. Presa por crime contra à pátria. Desfazer o que os golpistas fizeram. É isso que espero da Dilma, assim que ela voltar.

Não deixar barato as atrocidades cometidas pelos patifes golpistas.

De descalabro em descalabro o governo golpista vem buscando sobreviver. Não conseguirá.

abaixo ao golpeTodo governo ilegítimo no seu estertor tenta desviar a atenção da população sobre o seu fim inevitável. Utilizando para tanto fatos bombásticos. Que podem ser verdadeiros ou não.

Assim procedeu o general ditador Leopoldo Galtieri na Argentina em 1982. Percebendo a agonia da ditadura, invadiu, no desespero, as ilhas Malvinas. Território reclamado pelos argentinos e ocupado pelos britânicos.

Calculou que uma boa guerra salvaria seu governo pois, sabia que a Inglaterra iria reagir militarmente. Só não contava que os ingleses, antigos donos do mundo, se insurgiriam com tanta determinação.

Na ocasião, cheio de hinos de loas ao país, o ditador apelou para o patriotismo dos hermanos. Unindo-os entorno de um objetivo comum: recuperar a possessão da ilha.

A ditadura ganhou uma sobrevida, outra vez à custa de milhares de vidas, de soldados imberbes. Diga-se de passagem, durou pouco essa sobrevida. O ingleses venceram em pouco mais de um mês.

E não é que o governo do traíra Michel Temer seguiu a mesma receita.

Em tempos de pesquisa fraudulenta, de ministros corruptos, de gente cassada ganhando cargo. De ladrão presidindo impeachment de uma presidenta. De emissora de tv mandando no usurpador. O governo interino pressionado por todos os lados apela para guerra. Guerra ao terrorismo.

Prendeu 10 suspeitos, todos brasileiros, de planejar atentado durante a olímpiada.

O fato em si é preocupante. Terrorismo não distingue militares de civis, homens de velhos e crianças. O terrorista se preocupe apenas com os números de corpos. E do efeito causado.

A inteligência tem que estar atenta mesmo.

O Brasil não tem histórico de atentados.

Não invade, não manda tropas beligerantes, não apoia atitudes que não seja o diálogo. Por essa postura foi chamado de “anão diplomático” pelos israelenses. Seríamos um alvo improvável.

A desgraça da França começou quando apoiaram os EUA (logo quem) na Líbia e na Síria. Inclusive bombardeando. Virou alvo de grupos radicais.

O problema maior destas detenções foi o estardalhaço.

Por exemplo, digamos que esses cidadãos fossem terroristas, a melhor tática não seria o silêncio, a discrição neste momento? Pois, se a célula terrorista for maior o governo perdeu a oportunidade de investigar e prender outros elementos. Esses, alertados mudarão de tática. O objetivo pode continuar, certo? E aí, como fica?

A espetacularização do anúncio do desmantelamento da quadrilha foi feito pelo sujeito que menos se esperava: o ministro interino da justiça Alexandre Moraes.

Uma pergunta: não seria o caso de a Polícia Federal dar essa coletiva?

Bem, o ministro quis aparecer ao mundo. Mostrar serviço.

É, realmente apareceu, de maneira lastimavelmente grotesca.

Mostrou sua incompetência, seu despreparo e ser mal assessorado. A cara do governo Temer.

O presidente interino alardeou que sabia combater bandido, talvez até saiba, agora para escolher ministro, só por Deus, é uma nulidade.

E assim, de descalabro em descalabro, o governo golpista vem buscando sobreviver.

Não conseguirá. Da mesma forma que o general Galtieri caiu o usurpador e sua matilha cairão.

A mídia voltou a bater na Dilma. Sinal de que a presidenta tem grande chances de retornar ao Planalto.

http-fotospublicas.s3.amazonaws.com-wp-content-uploads-2015-12-OC_protesto-contra-o-impeachment-de-Dilma-Rousseff-em-Sao-Paulo_0027-740x494A mídia começou de novo com a patifaria do golpe.

Mal informando, exacerbando, ocultando ou criando factoides de notícias referente a Dilma, Lula e PT.

Nesta semana, por exemplo, a Folha de S. Paulo mentiu, fraudou e manipulou pesquisas a favor do traíra do Temer. Os demais jornalecos espalhados pelo território nacional amplificaram a canalhice.

A Globo, Band, SBT e outras destacam a delação de João Santana: 98 % dos partidos pagaram campanha com caixa 2. Com o óbvio e quase exclusivo destaque em cima do PT e de Dilma Rousseff.

O juiz Sérgio “Banestado” Moro afirma que não prendeu Lula porque não quis. O deus pagão assumiu de vez a prepotência e a soberba.

Jornalistas, colunistas hipócritas trabalham a todo vapor na desconstrução da democracia.

O que mais vão ressuscitar? Os pedalinhos, Pasadena, Triplex.

Enquanto isso no país Brazil com Z, (inventado pela mídia) os corruptos, aqueles ladrões de carteirinha, com curso no exterior, doutorado em safadezas, não são minimamente mencionados. Ou quando são, é de uma maneira tão “fofa” que doe na boca do estomago ouvir âncoras de telejornais falar deles.

FHC, Aécio, Cunha, Renan, Anastasia, Bolsonáro e claro o fantoche mor do golpismo Michel Temer, o traíra, entre outras figuras sombrias têm tratamento VIP na bandalheira do Brazil com Z.

A Folha até tinha arrefecido suas maldades. Deu vislumbres de imparcialidade. Porém algum acontecimento fez os Frias voltarem a apoiar o golpe de estado descaradamente. Assim como os outros meios de comunicação hegemônico.

Que acontecimento seria esse?

Oras, sem ser oráculo, profeta, cartomante, vidente é fácil deduzir que o que está por trás do retorno da velhacaria é a possibilidade real do processo de impeachment ser arquivado. E Dilma voltar ao cargo, de onde nunca deveria ter saído.

O desespero e o medo tomaram conta da súcia de golpistas.

Logo eles precisam pôr mais lenha na fogueira.

Conclamar sua horda de acéfalos a se manifestar.

Os generais da MBL, Revoltados on-line, Vem pra rua estão sendo convocados a colocar seu exército de Brancaleone a bradar “Fora Dilma”, “Fora PT”, “Somos todos Cunhas”, “Vão pra Cuba”. E adorar do Pato Amarelo/FIESP.

Os senadores então, covardes que são, imediatamente transformariam suas indecisões em “SIM! SIM! SIM!”.

Diria um sábio indiano: me engana, que eu gosto.

Quer dizer que quando as manifestações é “Volta Dilma”, “Fora Temer” esses mesmos senadores não se sensibilizam? São duros e intransigentes.

Essa massa de parlamentares hipócritas tem na verdade é pavor da língua maldita da Globo. E com razão. Essa emissora imunda emporcalha as mentes das pessoas. Há anos.

Espero que cada vez menos cidadãos caiam nessa embromação de meia pataca da imprensa golpista, o PIG.

E que entre estes estejam os senadores.

Em menos de vinte dias eles vão optar entre a democracia, ou seja, a favor de Dilma, ou pelo golpe de estado.

A história saberá o que cada um fez pela democracia no Brasil.

Diferenças entre a tentativa de golpe na Turquia e no Brasil.

golpistasAlgumas diferenças entre a reação ao golpe de estado no Brasil e na Turquia.

Lá os golpistas, como estratégia, tomaram as tv estatal. Aqui não temos uma tv estatal que mereça ser invadida pelos golpistas.

Lá o governo turco reagiu imediatamente, aqui se levou em banho-maria. O tal republicanismo da Dilma.

Lá o governo não teve medo de falar, aqui a presidenta ficou com receio de panelaço.

Lá há uma agência de inteligência que trabalho para o governo, aqui havia uma que trabalhava contra o governo.

Lá o Erdogan, enquanto governo, conclamou o povo a sair às ruas e lutar contra o golpe. Aqui a Dilma só fez isso depois de apeada do poder.

Lá o governo criou moral reagindo às provocações pré-golpe, aqui a Dilma era desmoralizada continuamente.  Delegado da federal fazendo de sua imagem tiro ao alvo. Adesivo dela com as pernas abertas, uma esculhambação.

Lá o governo agia, aqui era uma inércia desesperante.

Lá existe um povo forjado na luta, aqui o povo ainda precisa ser inventado, por Darcy Ribeiro.

Lá não é a américa latina, como disse o presidente turco, aqui é américa latina, cuja elite é lacaia dos americanos.

Lá a mídia porca é combatida, aqui a mídia porca é incentivada.

Bem, essas são as diferenças que saltam aos olhos. As sutis, as históricas cabem aos estudiosos decifra-las.

O governo brasileiro cometeu uma série de erros. Paralisados, viram a canalha crescer e não tomaram nenhuma providência.

Ficaram esperando o quê?

Cair do céu a solução. Baixar o cabloco anti-golpista em cada conspirador?

Ou, a Globo pôr a mão na consciência e dizer não às sacanagens? A Globo é inimiga da democracia.

O Gilmar Mendes agir como juiz? Pode esperar deitado, porque sentado cansa.

O Sérgio “Banestado” Moro ser imparcial? Só quando Dom Sebastião voltar a ser rei de Portugal.

Os procuradores atuarem de forma republicana? Só depois da volta de Jesus.

Quem quer ser presidente não pode ter medo.

Não basta ficar indignada, tem que externar a indignação.

Não ao golpe! Volta Dilma! Pelo bem do Brasil e da democracia.

Ah, sim! Lá os golpistas policiais, militares, juízes, parlamentares, servidores públicos estão sendo presos e afastados. Aqui… Bem aqui a luta continua. Vamos ver o que a Dilma fará se voltar ao poder. Exemplo ela tem.

A Folha de S. Paulo mentiu, fraudou, manipulou outra vez informações.

folha de são paulo e a ditaduraEm relação às pesquisas publicadas no fétido jornal Folha de S. Paulo sobre o que seria melhor para o país a Dilma voltar ou o Temer ficar até 2018. Clique aqui e leiam a sacanagem.

A Folha de São Paulo mentiu.

A Folha de S. Paulo manipulou a pesquisa.

A Folha de S. Paulo escondeu dados.

A folha de S. Paulo fraudou os dados.

A Folha de S. Paulo esbulhou as manchetes.

A Folha de S. Paulo espalhou as imundices travestidas de jornalismos por este Brasil afora.

E, principalmente, A Folha de S. Paulo enganou seus leitores, deliberadamente.

Espanto? Nenhum.

Este jornaleco se pôs à serviço dos golpistas. Fez em 1964, por que seria diferente agora, não é mesmo?

Os meritocráticos filhos aprenderam os nobres ensinamentos do “papi”. Odeiem o povo. Usem o povo. Desprezem o povo.

Sejam soberbos, prepotentes e cínicos.

E, lembrem-se, meus queridos filhos: a democracia é um lacaio a nos servir, e só a nós. Desviou de sua função, promovam, incentivem ou apoiem o golpe de estado.

Lição dada, lição aprendida.

A Folha de S. Paulo há muito tempo vem emporcalhando as mentes das pessoas.

Está mais do que provado que Dilma não cometeu crime algum que dê motivo ao impeachment.

Os senadores sabem e alguns estão propensos a votar contra a cassação definitiva da presidenta. O que a colocaria de volta no poder.

Isso na cabeça tacanha dos donos do jornalão é inconcebível.

Por isso querem passar a imagem de que o povo apoia o traíra do Temer. E dessa forma pressionar os parlamentares a manter o voto a favor da cassação.

Há um provérbio chinês que diz: quem tem cu, tem medo.

A elite tem muito medo e muito cu. Então sentem-se encurralados se a Dilma retornar.

Temem uma vingança. Na Turquia a cassada aos golpistas segue firme e decidida.

Não sabemos qual será a atitude dela quando ficar frente-a-frente com golpistas, mas que o tratamento será bem diferente, isso será.

Então, não leiam a Folha, Estadão, Veja, Época, Istoé. Não escutem a Jovem Pan, CBN. Não assistam a Globo, SBT, BAND.

É uma maneira, e a única, de não ser feito de idiota.

Se não você é capaz de engrossar a horda dos coxinhas e trouxinhas.

E mais uma coisa, o Ministério Público não irá tomar nenhuma providência sobre o disparate da Folha de S. Paulo?

Vão coxinhas e trouxinhas! Vão ser guache na vida!

patoda fiespCoxinhas e trouxinhas do meu ainda Brasil, vocês sabem que o MPF não encontrou crime algum cometido por parte da Dilma Rousseff? E mandou arquivar todos os processos?

Isso mesmo coxinhas e trouxinhas as tais “pedaladas” não foram cometidas. Portanto o alegado motivo do impeachment foi impiedosamente desconstruído.

Os doidivanas, irresponsáveis e vingativos Miguel, Bicudo e Janaina por mais que tentassem não conseguiram, diante da verdade dos fatos, dar um respaldo acadêmico ao processo e se afundaram no mar de insanidades.

Agora coxinhas e trouxinhas só restou o golpe puro. Aquele em que um bando de decrépitos assume o poder através da patifaria. E, claro, da estupidez intelectual de vocês, trouxinhas e coxinhas.

Mas continuem a ir para a rua.

Ouçam a música do flautista de Hamelin, aqui muito bem representados pelo fascista MBL, e sem entenderem “porra nenhuma” do que está acontecendo gritem e dancem à vontade.

E aqui em São Paulo, por favor se reúnam em frente à FIESP e gritem “fora Dilma”, “Fora Lula” e “abaixo os corruptos”. É tão gratificante ver a cara de idiotas e alucinados de vocês.

Lugar mais apropriado não existe, pois só ali o diretor Laodse de Abreu Duarte deve em sonegação R$ 6,9 bilhões. Belo corrupto.

Coxinhas e trouxinhas vocês sabiam das sacanagens desse cara? Não? Entendo. A Globo não dá o destaque merecido, então é complicado mesmo compreender a dimensão do roubo.

Bom, tem que ser assim, não é mesmo? Afinal, não é à toa que vocês têm o rótulo de coxinhas e trouxinhas. A ignorância lhes respalda as atitudes idiotas que vocês tomam.

Coxinhas e trouxinhas continuem firmes nestas suas caminhadas de louco.

Vocês são peças de museu. Referencias de gerações futuras. Teses de doutorados. Culto religiosos. Ameaças às crianças sapecas.

Se não se comportarem chamo os coxinhas e os trouxinhas, ameaçarão os futuros pais.

A tribo de coxinhas e trouxinhas tinham hábitos de acasalamentos estranhos, só depois de ouvirem Plim-Plim é que copulavam.

O rito religioso dos coxinhas e trouxinhas se resumia em duas vezes por semana cultuar um pato gigante amarelado dando três voltas em torno dele e depois gritando: salve o pato, nosso único salvador.

Por favor, não parem as manifestações coxinhas e trouxinhas, os seus ares estúpidos nos divertem muito.

A alienação coxinha é uma aula do que não ser.

Trouxinhas e coxinhas são produtos acabados do Jornal Nacional.

Vão coxinhas e trouxinhas! Vão ser guache na vida!