Vão coxinhas e trouxinhas! Vão ser guache na vida!

patoda fiespCoxinhas e trouxinhas do meu ainda Brasil, vocês sabem que o MPF não encontrou crime algum cometido por parte da Dilma Rousseff? E mandou arquivar todos os processos?

Isso mesmo coxinhas e trouxinhas as tais “pedaladas” não foram cometidas. Portanto o alegado motivo do impeachment foi impiedosamente desconstruído.

Os doidivanas, irresponsáveis e vingativos Miguel, Bicudo e Janaina por mais que tentassem não conseguiram, diante da verdade dos fatos, dar um respaldo acadêmico ao processo e se afundaram no mar de insanidades.

Agora coxinhas e trouxinhas só restou o golpe puro. Aquele em que um bando de decrépitos assume o poder através da patifaria. E, claro, da estupidez intelectual de vocês, trouxinhas e coxinhas.

Mas continuem a ir para a rua.

Ouçam a música do flautista de Hamelin, aqui muito bem representados pelo fascista MBL, e sem entenderem “porra nenhuma” do que está acontecendo gritem e dancem à vontade.

E aqui em São Paulo, por favor se reúnam em frente à FIESP e gritem “fora Dilma”, “Fora Lula” e “abaixo os corruptos”. É tão gratificante ver a cara de idiotas e alucinados de vocês.

Lugar mais apropriado não existe, pois só ali o diretor Laodse de Abreu Duarte deve em sonegação R$ 6,9 bilhões. Belo corrupto.

Coxinhas e trouxinhas vocês sabiam das sacanagens desse cara? Não? Entendo. A Globo não dá o destaque merecido, então é complicado mesmo compreender a dimensão do roubo.

Bom, tem que ser assim, não é mesmo? Afinal, não é à toa que vocês têm o rótulo de coxinhas e trouxinhas. A ignorância lhes respalda as atitudes idiotas que vocês tomam.

Coxinhas e trouxinhas continuem firmes nestas suas caminhadas de louco.

Vocês são peças de museu. Referencias de gerações futuras. Teses de doutorados. Culto religiosos. Ameaças às crianças sapecas.

Se não se comportarem chamo os coxinhas e os trouxinhas, ameaçarão os futuros pais.

A tribo de coxinhas e trouxinhas tinham hábitos de acasalamentos estranhos, só depois de ouvirem Plim-Plim é que copulavam.

O rito religioso dos coxinhas e trouxinhas se resumia em duas vezes por semana cultuar um pato gigante amarelado dando três voltas em torno dele e depois gritando: salve o pato, nosso único salvador.

Por favor, não parem as manifestações coxinhas e trouxinhas, os seus ares estúpidos nos divertem muito.

A alienação coxinha é uma aula do que não ser.

Trouxinhas e coxinhas são produtos acabados do Jornal Nacional.

Vão coxinhas e trouxinhas! Vão ser guache na vida!

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s