A contribuição de Teori ao processo que culminou com o golpe de estado.

teori-zavaskiFazendo um contraponto aos “falsos” elogios à Teori , republico carta escrita por Paulo Nogueira em 14 de setembro de 2016 endereçada ao ministro, do diariodocentrodomundo.com.br.

Lembremos o que fez o Teori Zavascki, morto nesta quinta-feira, a respeito do impeachment da Dilma. E a sua contribuição sórdida ao Golpe de Estado.

 

“Caro Teori:

Seu papel no golpe foi infame. Abjeto. Contribuiu, e muito, para o sucesso do impeachment. E ajudou também extraordinariamente para a péssima imagem do SFT para vastas porções de brasileiros.

A questão que um dia o senhor terá que responder é esta: por que o senhor demorou uma eternidade para afastar Eduardo Cunha da presidência da Câmara?

O senhor já tinha ciência de todos os crimes de Eduardo Cunha, minuciosamente documentados num documento que lhe foi passado pelo Ministério Público.

Qual foi a lógica em permitir que um gangster comandasse, do seu jeito, um processo do qual poderia resultar, como aconteceu, a destruição da democracia?

O tamanho da monstruosidade que o senhor cometeu se comprovou com o fato de que Cunha foi afastado tão logo executou o serviço sujo.

O senhor não teve sequer o cuidado de esperar algum tempo para fazer o que deveria ter feito muito tempo antes. O sicário matou, conforme a encomenda, e então foi descartado.

Na proteção a Cunha enquanto ele tratava de destruir a democracia, o senhor esteve na companhia de toda a imprensa. Isso conta muito.

Um psicopata, um criminoso foi protegido pelo senhor e pela mídia porque ele fazia algo do interesse de vocês. Vocês agiram como sócios numa empreitada sinistra.

Numa demonstração do absoluto desprezo dos juízes do STF pela opinião pública, o senhor jamais se dignou a explicar a sua sinistra demora. Num uma única palavra, como se fosse normal fechar os olhos por meses e meses para um monstro moral no gozo de imenso poder.

Jamais entendi, dados os fatos, como o senhor pôde ter sido escolhido por Dilma para o STF. Foi um erro espetacular.

Roosevelt, nos Estados Unidos, logo percebeu ao ser eleito que jamais emplacaria seu New Deal com a Suprema Corte conservadora que herdou ao assumir a Casa Branca.

Foi reeleito vezes suficientes para montar uma Suprema Corte progressista. Escolheu com imenso cuidado cada juiz a cada vaga que se abria. Só assim o New Deal pôde ser materializado.

O PT fez o oposto de Roosevelt, com as consequências sinistras que estão aí.

O senhor é um prova disso.

Sinceramente.

Paulo

Sobre o Autor

O jornalista Paulo Nogueira é fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo”.

Anúncios

Qual a sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s