Ser pela anulação do golpe, não é ser contra as diretas.

Participei domingo da manifestação pelo “Fora Temer e Diretas, Já” no largo da Batata, Pinheiros, São Paulo.

Sou, antes de tudo, um defensor da anulação do impeachment e a restituição de Dilma Rousseff ao poder.

Não concordo plenamente com a tese de que as diretas já seja a única solução. Evidentemente que também é uma solução. Mas creio que se lutarmos apenas nesta frente de batalha seremos derrotados, e mesmo vitoriosos as diretas não trarão segurança institucional aos futuros dirigentes do país, pela simples razão de que não derrotamos o golpe. Pelo contrário, naturalizamos a usurpação. Infelizmente, reafirmando que golpe de estado é um fato histórico enraizado na cultura da nação brasileira.

Oras! quer queiram, quer não, chegará um momento que teremos  que dar um basta veemente ao golpismo! Isto é, se desejarmos acabar realmente com este ciclo criminoso da classe dominante.

Então, pergunto: por que não pode ser neste momento? Por que temos que esperar…esperar… e esperar, até que surja uma geração que realmente faça o que deve ser feito hoje?

Pelas conversas que mantivemos com os manifestantes todos acreditam e sabem que anular o golpe é o certo a ser feito. Vou repetir: TODOS! com quem conversamos apontam a anulação do impeachment como o caminho correto.

Mas também dizem que a anulação é algo improvável porque o poder judiciário é partícipe do golpe. Aí incluem os tribunais de primeira instância e o próprio STF.

Estão certos. O judiciário faz parte do golpe.  No entanto a pressão popular pode reverter este quadro. O STF não se meteu na política? Assuma, então, as consequências desta postura leviana, certo?

E para aqueles que acham que isso não resolve faço um questionamento: o que nós fomos fazer em Curitiba quando Lula prestou depoimento ao juiz Sérgio “Banestado” Moro?

Fomos protestar em frente ao legislativo? Não! Em frente ao executivo? Não!

Aonde nos concentramos? No judiciário!

Porque a gente sabe que a pressão popular é uma arma poderosa e funciona.

Vão negar que não influenciamos na postura dos procuradores e do Moro? Vão negar que o Lula não se sentiu mais seguro com nossa presença?

O ex-presidente só não ficou preso porque nós estávamos lá, ou não?

Fico espantado e preocupado quando partidos, movimentos populares e centrais dizem que o povo quer diretas, já.

Espantado porque não é verdade que a população quer diretas.  A falta de opção levou-os a gritar por diretas.

Preocupado porque os “líderes”, intelectuais, acadêmicos não esclareceram aos brasileiros sobre as alternativas que tínhamos para derrotar o golpe.  Eles simplesmente escolheram as diretas e nos impuseram essa bandeira.  De cima pra baixo. Tiveram a mesma postura da direita. Excluíram os cidadãos dos debates.

Está na hora de rever esta postura.

A direita tem o plano A, tem o plano B, C, D, E, F… E a esquerda só tem o “a”, em minúsculo.

Somos atacado de diversos pontos, e não respondemos à altura. Assim não dá! É derrota certa.

Temos que abrir novos “front” nesta guerra.

Pedir a anulação não é dividir, é somar. Porque temos gente e disposição para pressionarmos ao mesmo tempo o legislativo, o executivo e o judiciário. E ainda sobra ânimo pra escrachar a Globo.

Diante das crises é que um povo cresce ou se apaga por séculos.

O que queremos para o nosso país? Precisamos nos afirmar como nação.  Não é escondendo ou deixando prá lá que as coisas se ajustam.

Enquanto no Chile e na Argentina os militares golpistas estão sendo punidos aqui no Brasil ficaram impunes.

Percebam o absurdo. Os golpistas de 64 assumiram o governo prometendo redenção. Depois de 21 anos devolveram o Brasil destroçado e com sangue nas mãos. E se autoanistiaram!

E o STF atual reafirmou a anistia. É o tal do “vamos olhar para o futuro”, ” não vamos reviver o passado”. 

E tem general assassino que morreu sem nunca ter sido acusado de nada.

Vamos ter o mesmo comportamento agora? Deixar os golpistas pra lá e não tomar alguma providência?

Que lição tiraremos desse golpe? Nenhuma?

Ou crescemos, ou nos afundamos.

Se ainda há justiça no país, o juiz Moro tem que ser preso.

O juiz Sérgio Moro tem que ser preso. Motivo? Obstrução da justiça!
Por mais incrível que possa ser, é isso mesmo: o juiz está obstruindo a justiça.
Aécio Neves foi delatado inúmeras vezes. Era conhecido como o mais “chato”. E o que fez o imparcial de Curitiba? Nada! Aliás afirmou que as delações envolvendo seu “amigo” não vinha ao caso.
O ex-presidente da câmara Eduardo Cunha elaborou várias perguntas que o traidor/golpista Michel Temer deveria responder e passou ao Moro. E o que fez o homem de preto? Desprezou e impediu os questionamentos.
O da primeira instância inocentou Cláudia Cruz, mulher do preso Cunha, com provas de seus crimes. Lima, o procurador, disse, ironicamente, que o juíz tinha um coração generoso. Cláudia gastou no cartão internacional 1,2 milhôes de dólares e possui contas na Suíça não declaradas. O marido ganha uns 30 mil reais. Você, cidadão comum, não desconfiaria da “ingenuidade” da dita cuja?
Ao mesmo tempo não declara inocente D. Marisa Letícia, falecida este ano. Ele é obrigado a isso. Ou era. Como vivemos num estado de anomia. O cara se acha no direito de subverter o que está escrito nas leis. Se vão contra os seus interesses e de sua turma de golpista não vale.
A lógica da absolvição é a seguinte: todos são inocentes até que se prove o contrário, como a mulher do Lula não pode mais se defender então é inocente. Mas o sujeito não está nem aí, se não pra lei, pra ética.
Por 500 reais prendeu a mulher do Vaccari. Que depois se descobriu que não era ela quem foi filmada tirando o dinheiro do caixa eletônico, mais sim sua cunhada.
Qual será o objeto da operação Lava Jato? A corrupção e/ou o Lula, Dilma e o PT? Pois, desprezar várias denúncias envolvendo o moleque Aécio Neves significa apenas uma coisa: o Sérgio “Banestado” Moro se acumpliciou com o crime. Não encaminhar as denúncias de Cunha envolvendo Temer é uma aberração, concordam?
O narciso conseguiu seus minutos de fama como o grande heroi de combate a corrupção. Nosso Eliot Ness, segundo ele mesmo. Mais uma de suas infelizes comparações. E só, acabou seu tempo.
Por esses disparates Moro deve ser preso. Aliás, será sua sorte porque seus cumplíces, percebe-se, não estão nada satisfeitos com ele.

Aberta a temporada de caça aos dependentes químicos. Obrigado João!

O “prefake” de São Paulo João Dória e o governador Geraldo Alckmin, ambos do PSDB, inauguraram a temporada de caça aos dependentes químicos. Desde o dia 25 de maio está autorizado a internação compulsória de brasileiros que se encontrem nesta situação de penúria.

Muito bem! Eles estão de parabéns! Se mostram homens antenados com o momento de decadência que a nação vive.

Em vez de caminharmos pra frente, estamos retrocedendo décadas. Seja no campo social, econômico ou cultural. É o efeito golpe de estado em ação, então nada mais natural que esses dois higienistas recriem a triste figura do “homem da carrocinha”.

Relembrando, o “homem da carrocinha” era um funcionário público cuja função consistia em, literalmente, laçar e prender os cães que encontrassem vagando pelas ruas. Eram detestados.  Não raro brigavam com os donos dos animais. Muito ativos nos anos 60, 70 foram decaindo com o tempo, até serem extintos em 2008.

Agora esse personagem volta a ação. Não para pegar cães, mas gente.

Homens, mulheres, jovens, crianças que estiverem andando sem rumo, com jeitão de “drogados” poderão, a qualquer momento, serem laçados e internados à força numa clínica ou hospital, segundo eles, especializados no tratamento deste tipo de doença. Um médico decidirá o futuro desses seres.

Se a apreensão dos cachorros tinha a finalidade de conter doenças, a dos “drogados” tem que função? Será que o João e o Geraldo estão preocupados com a saúde dessa parcela da sociedade ou simplesmente querem se livrar da “sujeira”?

E a abordagem será com respeito ou com truculência? Ou se tornará comum vermos pessoas correndo sendo perseguidas por homens com laços na mão? E quando laçarem, vão colocar no “camburão” demonstrando o mesmo desprezo pela vida que os antigos mostravam com os animais?

Cruel. Muito cruel.

Apesar de ter sido revogado a autorização para tal atrocidade ela pode voltar a qualquer instante. Temos que estar vigilantes.

O que fica claro é que tanto o “prefake” de São Paulo como o governador não passam de fascistas, travestidos de democratas.

Que tempos difíceis viveremos!

Temos que derrotar o golpe e restaurar a democracia. Só existe esta saída.

O burguês é essencialmente covarde. Os golpistas, então… nem se fala!

Hermann Hesse dizia que o bruguês é essencialmente covarde, por isso precisa de quem o defenda, como polícia, exército, milícia, justiceiros e etc.

E o traidor Michel Temer e suas hordas de bandidos confirmam o que disse o prêmio nobel da literatura: eles são covardes! covardes! essencialmente covardes!

Como se não bastassem atiçarem seus selvagens cães de guerra contra os manifestantes acharam por bem acionarem o exército.

Se eles não sabem, fiquem sabendo: o exército não é treinado para conter manifestantes. Não possue armas não letais. É o última camada de proteção que uma nação tem.

Oras, quando eles chegam é pra resolver. Eles não estão pra negociar, prender. Eles vão para derrotar o inimigo. Matar, se precisar.

É isso que os golpistas querem? Matarem o inimigo? Essa desculpa de garantir a ordem é balela. Típica de gente pusilânime.

Por que não olham para o próprio umbigo? Agentes de vocês, MT, foram infiltrados para tumultuar o protesto. Quando eles agiam depredando os prédios a guarda nacional e a PM faziam vistas grossas. Quando os manifestantes pensavam em fazer algo eles atiravam com armas letais. Há gravação mostrando PM fazendo isso, poderia matar qualquer um. Pois, o amostra grátis de assassino não atirou pro alto, atirou em linha reta, alguém seria atingido, e foi.

E a mídia, a porca mídia colaborando com essa sacanagem dos golpistas. Nos chamam de baderneiros, vagabundos sem procurarem saber a verdade. Mostram poste derrubado. Ponto de onibus quebrados.

Covardes! Covardes! Covardes! isso são vocês golpistas.

Se escondem atrás da mesa. Emitem decretos dos tenebrosos tempos da ditadura militar mostrando o que verdadeiramente são, fascistas.

Não podemos parar.

Esses energúmenos transformaram uma nação em motivo de chacota lá fora.

Esses seres abjetos entregam as riquezas do país em troca de dinheiro e tapinha na bunda.

Esses criminosos estão acabando com os direitos do cidadão comum.

Essa quadrilha trata o povo como se inimigo fosse.

Ignorantes até a raiz do cabelo, mandam sufocar quem discorde do pensamento deles.

A cadeia é o único lugar em que poderiam estar.

Que país queremos pra nós e para as futuras geraçãos? É esse, o dos golpistas?

Precisamos nos definir. Ninguém pode se omitir neste momento. A omissão lhe faz igual aos covardes.

É essencial que a democracia volte. É primordial que o STF anule o golpe.

É condição sine qua non que a DIlma Rousseff seja reconduzida ao poder. Qualquer outra opção conduzirá o país ao retrocesso.

Os covardes que se apoderaram do poder já mostraram que não estão dispostos a entregar o poder. A repressão começou.

Ou enfrentamos ou abaixamos a cabeça definitivamente.

 

“vou sair dessa crise antes que se pensa”, disse MT. Aí é que mora o perigo.

Michel Temer afirmou: “vou sair dessa crise antes que se pensa”.

Aí reside o perigo. Se esta frase fosse dita por uma pessoa de caráter louvável poderíamos interpretar de maneira amigável. Mas… em se tratando de um traidor, golpista, corrupto e quadrilheiro temos que temer cada palavra.

O MT tem a chave do cofre, tem a caneta, tem o poder e exerce o poder de chefe da nação. Some-se a isso um cara de perfil inescrupuloso, comandando um bando de criminosos e que tem como missão implantar uma agenda ultra neoliberal .

Seu modus operandi já é conhecido. Vide os banquetes palacianos. A dotação de emendas parlamentares. A não cobrança da dívida de 25 bilhões do banco ITAÚ. A entrega do pré-sal aos americanos e etc.

Por ser quem é, a única maneira dele sair dessa crise rápido é distribuindo mais benesses e acelerar a aprovação do pacote de maldades contra a população.

O usurpador perdoará dívidas de grandes bancos, empresas, em troca de apoio. Emprestará dinheiro a juros baixíssimos a grandes financistas, em troca de apoio. Comprará parlamentares, em troca de apoio. Entregará nossas riquezas minerais aos americanos, em troca de apoio. Aumentará salários e benefícios de uma casta, em troca de apoio. Acabará com os direitos trabalhistas, em troca de apoio. Dizimará com todos os programas sociais, em troca de apoio. E deixará roubar, em troca de apoio. Exterminará um projeto de país, em troca de apoio.

Se queremos salvar o que resta do Brasil, Michel Temer tem que ser imediatamente retirado da presidência. A força, se preciso.

O risco de sua manutenção é não existir o país quando ele finalmente sair da crise.

As gravações de Joesley, JBS, põem uma pá de cal no governo do traíra Temer. E de quebra afunda Aécio Neves.

As gravações, feitas por Joesley Batista JBS, das conversas de Temer e Aécio mostradas ontem , dia 17 de maio, no JN só reafirmam o que gande parte da população já sabe: Temer e Aécio são bandidos, comuns. E não são só eles. Há muitos outros. Aliás, a quadrilha de golpistas são marginais.

Dizer que a canalha está demitindo MT é pueril demais. Qual o motivo dessa demissão? O usurpador está cumprindo todas as determinações. Está acabando com a previdência, com a cultura, com o sistema de saúde, com a educação, com as grantias trabalhistas, entregando o pré-sal e outras riquezas aos americanos e de quebra destruindo a Petrobrás.

Oras, o Temer está sendo eficiente no que se propôs!

A leitura é outra. Além de passar por dinheiro e poder, é óbvio, o objetivo final é justificar a prisão de Lula e Dilma. Principalmente do Lula.

Lula já prometeu regulamentar a mídia. A Globo está com medo. Após décadas de linchamento do ex-presidente ele continua firme, forte e cada vez mais líder. A platinada não sabe mais o que fazer. Os seus funcionários, entre eles Moro, procuradores e delegados estão se mostrando fracos, perdido nas suas lambanças e incompetencias.

Sérgio “banestado” Moro ficou conhecido como o “não vem ao caso” porque quando os delatores citavam Aécio Neves e outros tucanos ele saia com essa pérola de frase. Eduardo Cunha foi impedido pelo “mussolini de curitiba” de delatar Termer, lembram-se ? Esse é o juiz imparcial. Os procuradores ingênuos e preconceituosos. Dallagnol não tem capacidade de mostrar que estava minimamente embasado em suas acusações “powerpointianas”. Fim de carreira. Ele que fique com suas convicções.

Com a volta do Lula a emissora vai perder muito do seu poder, se não for cassada. Demembrada, com certeza. Como há boatos de sua venda para o mexicano Slim, um dos homens mais ricos do mundo, os Marinhos temem de que o negócio seja inviabilizado. Quem vai comprar uma emissora que pode ser fechada em 2018 ou 2019? A Globo prepara a narrativa do golpe-dentro-do-golpe. A globo amacia a carne dos brasileiros para a prisão de Lula e Dilma.

A maioria dos cidadãos não cairá em mais esse engodo elaborada pela Globo. Não é entregando dois cadávares putrefatos, Aécio e Temer, que a prisao do Lula será justificada. A somatória de FHC, Alckmin, Serra, Aloysio Nunes, Dória, Aécio, Bolsonáro não chega aos pés do ex-metalúrgico em questão de caráter, competência, carisma e honestidade.

As diretas já com um congresso composto em sua maioria por marginais, escroques e corruptos é temerário. O STE presidido por um anti-lula declarado, Gilmar Mendes, não garante a lisura do pleito. E com a Globo continuando a mentir, omitir e manipular informações e a destruir seres humanos não é possivel estabelecer o mínimo de equilibrio entre candidatos.

Com o Luís Inácio Lula da SIlva solto os golpistas não deixaram as eleições ocorrerem. E se ocorrerem serão fraudadas.

Pior, claro, se for eleição indiretas. É o lixo do congresso escolhendo o presidente. Já viu no que pode dar, não é mesmo?

Dois pilares da república estão abalados, legislativos e executivo. Resta o STF. Os ministros têm em mãos o destino de uma nação de mais de 200 milhões de habitantes. Ou acaba com essa palhaçada, restituindo Dilma Rousseff ao poder, ou se atira de braçada neste mar de lama. E aí os militares, que Deus nos livre, assumem o poder.

Agora, é com o STF.

P.S.: Aécio Neves é daquelas pessoas que não deixam ninguém ser feliz. É um infeliz!

 

A baixaria do procurador e a insanidade da imprensa não tem limites. Agora atacam o homem Lula.

A baixeza vil da imprensa nativa e do procurador Lima é de dar náuseas em morto.

Mas é compreensível o desespero dos canalhas, afinal, Lula lidera em  todas as pesquisas de intenções de voto para presidente. Os outros candidatos somados não chegam aos seus pés.

E Lula representa o último obstáculo aos planos de poder dos golpistas, dos reacionários, dos entreguistas, dos escroques e dos fascistas. Sem o Lula concorrendo é vitória certa, em qualquer instância. Acredita a turba.

Porém, com ele vivo politicamente o futuro é incerto.

Então, a marginália, percebendo que a mentira do triplex do Guarujá não cola mais, parte para destruição do homem Lula. Atiram nos seus fantasmas.

Depois de 5 horas de depoimento o máximo que o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima conseguiu extrair foi o seguinte libelo: Lula acusa Marisa pela compra do Apto. Ou seja, na cabecinha oca do procurador o ex-presidente é cafajeste, covarde e amoral. É simples se fazer de espelho, não é mesmo?

Sujeito sem caráter algum!

Tomem vergonha na cara! Parem de mentir, calhordas! Lula não se escondeu atrás da morte da mulher. Ele repetiu o que já havia dito para a PF. Se disse o contrário aí sim estaria mentindo.

D. Marisa era para estar viva se não fosse esses facínoras.

Quem a matou foi a imprensa golpista, em conluio com Sérgio Moro. Pois foi este juiz quem liberou para rede Globo a gravação em que ela conversava com filho. E que não tinha nada a ver com a Lava Jato. Ela e o filho foram jogados aos lobos. Sendo linchados publicamente.

E que cara-de-pau do Moro! cinicamente afirma ao Lula que não é reponsável pelo que se publica na imprensa. Ainda bem que foi desmentido imediatamente pelo ex-presidente.

Sérgio “Banestado” Moro também não a declarou inocente depois de morta. Ele transgrediu o que está escrito no artigo 297, IV do Código de Processo Penal, combinado com o artigo 107, I do Código Penal.

A Veja hoje extrapolou a canalhice e publica a capa mais escrota de suas últimas edições.

Definitivamente o que restou de escrúpulos desses seres abjetos foram jogados aos porcos.

Estamos numa guerra, se não de armas, mas de informações.

Lula deixa de ser o maior ladrão “power point” para se tornar o maior demônio do universo. E já tem coxinha na rua pedindo exorcismo. Ô gente a toa!

Mas as bestas-feras não perdem por esperar. Neste enredo macabro, a verdade vencerá.